​Como eu sei que estou apaixonada


Sou libriana com ascendente em gêmeos. As emoções voam em todo esse ar e fica difícil saber o que sinto por alguém. Na verdade, sinto muito por muitos. E entre esses muitos por quem sinto, há poucos que não reconheço. Pareceu importante refletir sobre como eu sei que estou apaixonada de verdade. Cheguei a algumas conclusões e achei válido enumerá-las.
  1. Quando o celular acende em sinal de nova mensagem, eu espero dois segundos antes de ver se o remetente é o fulano. As pessoas costumam olhar rápido demais quando estão ansiosas, mas fico com medo de me decepcionar e levo esse intervalo para me preparar.
  2. Reparo em cada mania do fulano. Decoro e me apaixono por todas. Tanto, que sou capaz de prevê-las.
  3. Antes de ver o fulano, eu me preocupo - mais que o normal - em usar alguma roupa que faça eu me sentir atraente, ainda que seja uma simples regata.
  4. Perco a vontade de chamar ciclano - sabe aquele cara que nunca sai totalmente da sua vida? Pois é, eu deixo ele de escanteio.
  5. Paro de comparar fulano com beltrano - sabe aquele ex que para você é sempre a referência? Ele até deixa de ser o parâmetro de caras legais.
  6. Tento ver fulano o máximo de vezes possíveis. Nem que seja para dar oi por cinco minutos. Acho que tenho medo de que ele vá se esquecer de mim em três dias ou mais.
  7. Mesmo tendo decorado o feed das redes sociais do fulano, vira e mexe eu dou uma stalkeada. Só para ver se tem alguma foto adorável dele que passou despercebida.
  8. Gosto de admirar cada traço e expressão do fulano. De certa forma, acho que isso me faz aprender sobre ele.
Parece loucura, né? Mas estar apaixonado é meio louco mesmo.

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram