​ Eu parei de pensar

18:51


​Nos relacionamos pela segunda vez e eu evitei pensar. A cada encontro, perdia meus pontos de interrogações e os substituía por meras vírgulas mal distribuídas. Não me importei mais com as dúvidas que tinha sobre você, ou sobre qualquer outra coisa. Durante os meses que insistimos nesse erro, não percebi o senso crítico que me faltava.

Deixei de refletir nos momentos antes de cair no sono e abandonei os assuntos que, às vezes, afastavam este mesmo sono durante a noite. Minha insônia acabou por girar em torno de preocupações supérfluas, como qual chocolate eu compraria na próxima TPM.

Ignorei os sinais escancarados de que só ficaríamos juntos caso um dos dois tivesse amnésia e mudasse totalmente de personalidade. Ignorei, porque carreguei em mim a fantasia de nós dois por tempo demais, ainda que às vezes adormecida por outros amores e paixões.

Quando voltei a pensar, pensei até demais, pensei tanto que apenas deixei de gostar, porque nunca gostei de você, pelo menos não o você da segunda vez.

Você também poderá gostar

0 comentários