Eurotrip: Oh la la, Paris

20:09



Segunda parada, Paris. Velha, com cheiro de cidade grande. Um sonho antigo, guardado pra anos mais tardes, mas que veio assim, de pressa, emendado em outros. Não foi um planejamento de lua de mel ou aniversário, veio das passagens de Ryanair e Megabus, economias em euros, Santander e alguns couchsurfings. Não dormi em hotel ou fiz refeição em restaurantes luxuosos, mas teve crepe e um macaron de regalo.


Avistei a ponta da torre, mesmo de longe, e choquei. Choque bom, mas ainda precisei de um beliscão para aceitar. Dor no pé, base na olheira e incredulidade. Os 14,50 euros valeram a pena para ver do topo. Olhei e olhei a cidade, e, mesmo não a conhecendo quase nada, senti-me em casa. Vi-me em cada ponto desconhecido e na espera de ser descoberto. Lá do alto, ouvia-se gritos de comemoração de um gol de algum time em algum jogo da Eurocopa. Pelas bandeiras lá de baixo, Bélgica e Pais de Gales, a mais diferente. Esse evento esportivo é uma maneira de tomar conhecimento da falta de criatividade que os países europeus tiveram ao escolherem suas bandeiras.


Mona e outras mil obras que não vi. O tempo corria e as próximas horas precisavam ser bem gastas. Louvre, de graça, não podia faltar. Era lugar bonito, antigo e cheio de asiáticos curiosos com seus fones de ouvido. Mais uma caminhada e Notre Dame. Quando já se viu tantas igrejas no mesmo estilo, não é mais nenhuma surpresa. Apenas a velocidade em que a fila andava.


Café da Amélie Poulain e quis ser garçonete. Era tudo tão parecido que estranhei não ter sido atendido por ela mesma. Quase vi um casal nos amassos pela porta do banheiro lá de trás. Os preços eram também de se estranhar. O bairro ainda abrigava a igreja de Sacre coeur e Moulin Rouge, ajudantes na montagem da cidade cinematográfica.


A torre podia ser mais alta, as pessoas, mais simpáticas, a comida, mais barata. Mas tudo pareceu ocorrer da maneira como deveria, até mesmo a chuvinha e o céu emburrado. Tudo em seu devido lugar.

Você também poderá gostar

0 comentários