Lá de cima e por dentro das vendas

16:48


O tapa olhos me impedia de me importar com as pessoas ao lado. Já esquecera o judeu que causou alvoroço ao recusar-se sentar ao lado de uma mulher. A cena contou com diálogos altos em hebreu. A viagem começou com drama. Agora, três horas no céu, meu calcanhar gelado do ar condicionado, a música pop que não gosto mas escolhi por não ter muita opção, o ouvido entupido, a manta vermelha no colo e uma sensação esquisita de ter esquecida algo. Mas não era algo como a tesourinha de unha ou minha meia preferida. Esqueci de dar mais beijos, mais abraços e mais "eu te amos". Não fiz suficiente para todos os dias longe. Talvez não acreditasse neles. Não vi que esses meses serão preenchidos de saudade e vazios de sentimentos concretos. Ninguém no Porto vai saber que gosto de Phineas e Ferb, nem que nos meus 13 anos entrava todos os dias no site do fã clube do Justin Bieber. 

Ninguém no Porto vai reclamar do cabelo curto. Não vou ter ninguém para avisar constantemente do batom no dente. Os bis não ganharei. Não receberei ligação de graça de net pra net. Awkward poderei assistir, mas sem uma companheira para babar pelo Matt. Ah, era tão fofo quando cheirava o sovaco. Minha sobrancelha terá que ficar peluda e minha unha com cutículas. E esse não é o problema, mas sim as conversas no momento de beleza (grátis). Não perderei a paciência com alguém que esquece o banheiro na própria casa. O "vou sentir saudade" não parece mais suficiente. 

Faltam seis horas. Sei que já sai das terras brasileiras e estou no oceano atlântico. Minha barriga começou a sentir o efeito da carne de uma hora atrás. Meu olho doía devido a algumas lágrimas contraídas. Estava aliviada de ter colocado o tapa olhos. Nenhuma dessas chateações serão aparentes. Amanhã chego ao destino e, quem sabe, outros tchaus, para outras pessoas, serão difíceis de dar. De novo. A 935 km/h, o tempo nunca pareceu tão devagar.

Você também poderá gostar

1 comentários

  1. Me fez chorar, mas quando voltar as madeixas estarão maiores e eu menos reclamona. Ah! Mas o batom, a esse continuará nos dentes...rsrs

    ResponderExcluir