Contente-se não

15:39


Não se contente com aquela mensagem ignorada por dias e respondida depois no interesse. Não se contente com aquele oi apressado sem contato visual. Ou com aquela conversa enrolada enquanto ele espera os amigos. Não se contente também com aquele beijo afobado por não ser desconsiderado o ritmo do outro. Pare de se contentar com o pouco que ele quer te oferecer, você sabe que ele tem muito, mas ainda não está pronto a dar. E você está disposta a receber tudo aquilo que sonhou acordada, viver as cenas montadas na sua mente enquanto o professor gagueja algo desinteressante na aula de física, receber mensagens dele contando os dilemas pelos quais passa, perceber uma simples demonstração de carinho ou apenas ouvir uma piadinha claramente dita para te impressionar. Não espere nada disso dele. Ele quer alguém que também não se importe com esses detalhes. E não tem problema, é quem ele é, pelo menos agora. Então aceite ser diferente dele, aceite que há uma boa probabilidade de não dar certo e você sair ferida. Vá embora antes disso acontecer. A pequena decepção pelos tiques azuis sem resposta pode se tornar em lágrimas numa sexta-feira à noite acompanhadas por chocolate. Não engorde nem 1 kg por ele. Não se contente com uma relação que não te dá os pequenos momentos de prazer. Se permita viver outras, alguma pode realmente superar todas as suas cenas imaginárias.

Você também poderá gostar

0 comentários